© Susana Neves

Em Circulação > O que podemos dizer do Pierre de Vera Mantero, 2011

O que podemos dizer do Pierre

de Vera Mantero, 2011

Em 2006 e no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Dança apresentei no Porto, no Balleteatro, uma pequena improvisação ao som da voz de Gilles Deleuze dando uma aula sobre Espinoza e o seu conceito dos três tipos de conhecimento possíveis ao ser humano (o discurso em causa centra-se no 1º tipo de conhecimento, e mais básico, aquele em que quase todos se movimentam...). Manipulei as temporalidades do discurso de Deleuze, mas apenas minimamente, porque este já possui temporalidades muito particulares. E baseei o meu movimento na insistência e no grounding, um corpo que pressiona e empurra espaços e vai todo em direcção ao chão. Esta proposta apresenta-se na linha de vários outros trabalhos que tenho feito, em que proponho multiplicidades que põem em interacção filosofia e intuição, verbal e não-verbal, racional e irracional. O Festival Escena Contemporânea viu no Youtube o precário vídeo que lá se encontra com um excerto dessa experiência, interessou-se e propôs-me que desenvolvesse e apresentasse este trabalho.

Ficha Artística

Concepção e interpretação
Vera Mantero

Banda sonora
Gilles Deleuze (Excertos de “Spinoza: Immortalité et Éternité”)

Montagem da banda sonora
Vera Mantero com Vítor Rua e António Duarte

Luz
Bruno Gaspar
 
Adaptação de luz
Hugo Coelho

Produção
O Rumo do Fumo

Duração
20 minutos
 
Ano de estreia
2011

Cronologia

29 Junho 2017, festival Junta #3, Teresina/Brasil
10 Maio 2017, Festival Internacional de Danza Contemporánea de Uruguay, Sala Zavala Muniz, Teatro Solís, Montevideu/Uruguai
11 - 12 Abril 2017, Ocupação Mirada, SESC de Ipiranga, São Paulo/Brasil
6 - 7 Abril 2017, Festival de Curitiba, Teatro da Reitoria, Curitiba/Brasil
11 Junho 2016,  Biennale du Divers, Collège des Bernardins, Paris/França
31 Outubro - 1 Novembro 2015, Panorama 2015, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – Árvores, Rio de Janeiro/Brasil
17 Outubro 2015Auditório do Agrupamento de Escolas do Fundão no âmbito da Residência de Longa duração Programa Passagem, Fundão/Portugal
22 - 23 Agosto 2015,  Les Brigittines, Bruxelas/Bélgica
18 Novembro 2014 , Festival Next, Valenciennes/França
5 Abril 2014,  Festival Plastique Danse Flore, Versalhes/França
6 - 7 Dezembro 2013, Centro Cultural de Belém, Lisboa/Portugal
29 Junho 2013,  Festival Extension Sauvage, Bazouge-la-Pérouse/França
26 Junho 2013, INFANT Festival, Novi sad/Sérvia
13 Abril 2013, Teatro de Almada, Almada/Portugal
7 Dezembro 2012, Natura Dèi Teatri Festival, Parma/Itália
7 Novembro 2012, International Dance Theatres Festival, Lublin/Polónia
4 Novembro 2012, Festival B.A.D., Bilbao/Espanha
14 Janeiro 2012, Centro Párraga, Murcia/Espanha
14 Outubro 2011, CAPa, Faro/Portugal
21 Maio 2011, Teatro Municipal Vila do Conde, Vila do Conde/Portugal
Estreia - 29 - 30 Janeiro 2011, Festival Escena Contemporanea, Madrid/Espanha
12
Agosto
2017

O que podemos dizer do Pierre de Vera Mantero

São Luís, Odemira, Portugal

no âmbito do festival MONTRAS'17