© Park Sang Yun

Em Circulação > Olympia de Vera Mantero, 1993

Olympia

de Vera Mantero, 1993

Única descrição desta peça no programa da sala original: Vera Mantero, improvisações, 5 minutos. 
Acho que ninguém da organização fazia muito ideia do que eu ia fazer. E acho que não demorou só cinco minutos.
O programa era o da Maratona para a Dança, uma iniciativa já histórica criada em 1993 por uma série de bailarinos e coreógrafos que tinham decidido fazer o País acordar. Para a dança que nele se fazia. Quando me contactaram para participar eu respondi entusiasticamente que sim e pus-me a pensar o que poderia fazer para “acordar” as pessoas. Andava por essa altura a ler a “Asfixiante Cultura” do Jean Dubuffet e pareceu-me absolutamente indicado ler passagens do livro naquela ocasião a quem quer que fosse que estivesse presente no Teatro Maria Matos. 'Mas ler como? E não será um pouco pretensioso, ir práli dizer que eu é que sei o que é a verdadeira cultura, a melhor cultura? Se calhar devia estar nua...Tenho que ler o Dubuffet nua. Especada de pé em frente a um microfone? Não, isso não pode ser...Então a fazer o quê? Nua...?'. Esta nudez fez-me então pensar na Olímpia, do Manet, que tinha visto recentemente no Musée d’Orsay, em Paris, onde ainda estava a viver na altura. 'E se fosse a Olímpia a ler o Dubuffet? Ai!, não!, que horror, aí é que me caiem todos em cima, sacrilégio à pintura, etc. etc...'. Contei ao André Lepecki que queria ler o Dubuffet nua mas que não sabia como o fazer sem ser só ler o Dubuffet nua, sem lhe falar sequer do quadro. Então não é que ele me diz: 'Oh Vera, não te lembras da Olympia do Manet [que tínhamos visto juntos]? Acho que devias fazer qualquer coisa com ela'.[!!!].
E assim fiz.

Vera Mantero

Ficha Artística

Concepção e interpretação
Vera Mantero

Luz
João Paulo Xavier

Adaptação e operação de luz
Hugo Coelho

Texto
Jean Dubuffet

Música
Extractos de música dos Pigmeus Baka, Camarões

Duração
15 minutos

Agradecimentos
a Ana Mantero e Miguel Ângelo Rocha

Cronologia

29 Junho 2017, festival Junta #3, Teresina/Brasil
10 Maio 2017, Festival Internacional de Danza Contemporánea de Uruguay, Sala Zavala Muniz, Teatro Solís, Montevideu/Uruguai
6 Maio 2017, La Friche/Marseille Objectif Danse, Marselha/França
11 - 12 Abril 2017, Ocupação Mirada, SESC de Ipiranga, São Paulo/Brasil
6 - 7 Abril 2017, Festival de Curitiba, Teatro da Reitoria, Curitiba/Brasil
24 Fevereiro 2017, ciclo Nova\Velha Dança/Associação Parasita, Teatro Sá da Bandeira, Santarém/Portugal
4 - 7 Outubro 2016, Le CND, Pantin, Île-de-France/França
5 Outubro 2014, Festival Krakow Theatrical Reminiscences, Cracóvia/Polónia
26 Junho 2013, INFANT Festival, Novi Sad/Sérvia
7 Dezembro 2013, Teatro Municipal de Almada, Almada/Portugal
7 Dezembro 2012, Natura Dèi Teatri Festival, Parma/Itália
7 Novembro 2012, International Dance Theatres Festival, Lublin/Polónia
14 Janeiro 2012, Centro Párraga, Murcia/Espanha
14 Outubro 2011, DeVIR/CAPa, “10 anos do CAPa”, Faro/Portugal
10 Outubro 2010, Festival SIDance, Seoul/Coreia do Sul
29 Setembro 2010, Southbank Centre, Londres/Inglaterra
17 Setembro 2010, Festival Materiais Diversos, Minde/Portugal
14 Agosto 2010, Festival Escrita na Paisagem, Évora/Portugal
7 Maio 2010, Teatro de la Laboral, Gijón/Espanha
9 Janeiro 2010, Tempo Teatro, Portimão/Portugal
24 Outubro 2009, Fortaleza/Brasil, Bienal de Par em Par do Ceará
19 - 20 Outubro 2009, Festival Piccola Europa, Rocca dei Bentivoglio, Bolonha/Itália
17 Setembro de 2009, Teatro da Cerca de São Bernardo - A Escola da Noite, Coimbra/Portugal
9 - 10 Setembro 2009, Centro Cultural de la Cooperación. Sala Solidaridad, Buenos Aires/Argentina
12 Julho 2008, Centro Cultural Vila Flor, no âmbito do evento “Vera Mantero, 20 anos a pensar primeiro e a dançar depois”, Guimarães/Portugal
8 Dezembro 2007, Le Vivat, Carte Blanche à Tiago!, Armentières/França
10 - 11 Outubro 2007, IDans Festival, Istambul/Turquia
17 Fevereiro 2006, CCN, Rennes/França
8 Junho 2005, Teatro Garcia Resende, Évora/Portugal
20 - 22 Maio 2005, Dansens Hus, Oslo/Noruega
17 Março 2005, Le Lieu Unique, Nantes/França
14 - 15 Janeiro 2005, Casa de América, Madrid/Espanha
7 Janeiro 2005, Auditório Municipal de Vila do Conde, Vila do Conde/Portugal
16 - 17 Outubro 2004, Teatro Sérgio Porto, Rio de Janeiro/Brasil
2 - 3 Outubro 2004,Teatro Sesc Anchieta, S. Paulo/Brasil
3 Setembro 2004, Teatro Santa Isabel, Recife/Brasil
6 Junho 2004, Fundação de Serralves, Porto/ Portugal
17 Janeiro 2004, Kunstencentrum Vooruit, Ghent/ Bélgica
22 - 24 Novembro de 2003, Théâtre de la Bastille, Paris, França
4 Outubro 2003, Catania/ Itália
26 Outubro 2002, ART’UBI, Covilhã/Portugal
5 - 6 Agosto 2002, Impulstanz, Viena/Áustria
7 Dezembro 1999, Mouvement Research, Nova Iorque/E.U.A.
14 Setembro 1999, Mousontum, Frankfurt/Alemanha
17 Agosto 1999, Brigittines Festival, Bruxelas/Bélgica
1 Novembro 1999, KIASMA Theatre, Helsinkia/ Finlândia
9 Outubro 1999, CityofWomen Festival, Ljubljana/ Eslovenia
7 Junho 1999, 17th Dance Week Festival, Zagreb/ Croatia
18 Maio 1999, Théâtre Louis Jouvet, Tours/França
12 Março 1999, Culturgest, Mês de Vera, Lisboa/ Portugal
Estreia - 1993 Maratona para a Dança Teatro Nacional Maria Matos, Lisboa/ Portugal

Imprensa

Gilles Amalvi