Home > Espaço da Penha

A colaboração entre O Rumo do Fumo e o Forum Dança iniciou-se em 2008, quando as duas estruturas se uniram para criar o EDIFÍCIO na LX Factory. Este projecto introduziu um novo formato de colaboração no âmbito da comunidade da dança portuguesa, potenciador de novas dinâmicas de trabalho.

Em 2014, ambas as estruturas deram um passo ambicioso, criando e ocupando, a partir de Abril, o ESPAÇO DA PENHA, inaugurado oficialmente a 31 de Outubro. Munido de 5 estúdios, gabinetes de trabalho, sala de formação, centro de documentação e mediateca do Forum Dança, armazéns e áreas comuns, o ESPAÇO DA PENHA é uma casa aberta para a comunidade artística nacional e internacional e para todos quantos se interessam pelas artes do espectáculo.

As condições físicas deste novo espaço permitem desenvolver várias actividades em simultâneo, proporcionam o acolhimento em permanência de estruturas e de artistas e, também, períodos de residência mais prolongados e em maior número. Permitem aumentar e diversificar o leque de actividades e prever o desenvolvimento de iniciativas abertas à comunidade e ao público em geral.

Para além de se constituir como o CENTRO DE TRABALHO das duas estruturas, o ESPAÇO DA PENHA tem em ACOLHIMENTO PERMANENTE outras companhias, como a Causas Comuns e o Teatro do Eléctrico, na área do Teatro, o Pátio Ambulante e a Carta Branca, que promovem actividades multidisciplinares e, ainda, artistas individuais, como o fotógrafo João Tuna e a investigadora, dramaturgista e artista interdisciplinar Paula Caspão/Buala.

Para além das aulas (Yoga, Dança, Pilates, outras), da responsabilidade do Forum Dança, são ainda programados regularmente, na área da FORMAÇÃO, cursos, seminários e workshops, alguns dos quais resultam de colaborações de longa data d'O Rumo do Fumo com o Forum Dança, como seja, por exemplo, o ciclo de conferências “A Minha História da Dança” (iniciado em 2011).

O ESPAÇO DA PENHA acolhe ainda residências artísticas, apresentações informais de trabalhos e lançamento de livros dando, em simultâneo, um apoio consequente e continuado a ARTISTAS EMERGENTES.

Com grande reconhecimento a nível nacional e internacional, o Rumo do Fumo e o Forum Dança congregam neste espaço as energias criativas de dezenas de artistas e de centenas de alunos, que trazem novas dinâmicas para o bairro. A concentração de talento neste CLUSTER ARTÍSTICO vai também dar origem a novas manifestações criativas, nomeadamente na área da programação. O objectivo é ter este pólo criativo identificado como um local para apresentar propostas e desenvolver projectos, um local para frequentar.