2017

Peça para Negócio de Miguel Pereira, Estreia: 1 de Fevereiro de 2017, Negócio/ZDB, Lisboa/Portugal

Cocoon de Matthieu Ehrlacher, Estreia: 29 de Abril de 2017, ciclo Try Better, Fail Better, Teatro da Garagem - Teatro Taborda, Lisboa/Portugal

Pão Rico de Vera Mantero, Estreia: 29 de Abril de 2017, 3ºs encontros do DeVIR, Cine-teatro Louletano, Loulé/Portugal

2016

Dança para Músicos de Vera Mantero, Materiais Diversos, Estreia: 16 de Janeiro de 2016, Teatro Virgínia, Alcanena/Portugal

Nómadas Imóveis de Vera Mantero, Programa-Projecto Passagem #2, Estreia: 20 de Fevereiro de 2016, A Moagem, Fundão/Portugal

O Limpo e o Sujo de Vera Mantero, Estreia: 1 de Abril de 2016, ciclo As Três Ecologias, Maria Matos Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

O Impromptu de Versalhes de Molière, com encenação de Miguel Loureiro e coreografia de Miguel Pereira, Estreia: 13 de Abril de 2016, Sala Garret do TNDMII, Lisboa/Portugal

Reencontro, com Clara Andermatt, João Fiadeiro, Paulo Ribeiro e Vera Mantero, coreógrafo convidado João dos Santos Martins, Estreia: 30 de Abril de 2016,Solar do Vinho do Dão, Viseu/Portugal

Um clássico de Vera Mantero para a ASTA, Estreia: 8 de Junho de 2016, Teatro Municipal da Covilhã, Covilhã/Portugal

Step Into The World (And Out) de Vera Mantero para o Training Cycle da P.A.R.TS., Estreia: 10 de Junho de 2016, Monty, Antuérpia, Bélgica

 

2015

Transitions III de Miguel Pereira para a Transitions Dance Company - Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance, Estreia: 27 de Fevereiro de 2015, Deda, Derby/Reino Unido

Comer o Coração nas Árvores de Vera Mantero e Rui Chafes, Estreia: 21 de Junho de 2015, Parque do Convento, Fundão/Portugal

Repertório para cadeiras, figurantes e figurinos de Miguel Pereira, Estreia: 10 de Outubro de 2015, Cineteatro António Lamoso, Santa Maria Da Feira/Portugal

Comemoração do 14º Aniversário do CAESV, 14 Anos | 14 Horas. coordenação de Miguel Pereira com Pedro Rosa e Sara Palácios, 14 de Novembro, CAESV, Sever do Vouga/Portugal

ESCURO3 de Miguel Pereira com João Ruivo/FORA, integrado no projecto EMPTY CUBE, Estreia: 28 Novembro de 2015, Espaço Alkantara, Lisboa/Portugal


2014

Rectangle Disorder exposição de Susana Mendes Silva com Miguel Pereira, Estreia: 28 de Janeiro de 2016, Fundação Leal Rios, Lisboa/Portugal

Uma Horta Em Cada Esquina de Vera Mantero & Convidados, 28 de Abril a 29 de Junho de 2014, entre o Campo Pequeno e a Avenida de Roma, Lisboa/Portugal

LISBON BY SOUND projecto de Tim Etchells e Alkantara com Vera Mantero, Sofia Dias e Vítor Roriz, Patrícia Portela e Rui 'Riot' Pité, Estreia: 24 de Maio de 2014, lPonto de Encontro do Espaço Alkantara, Lisboa/Portugal

Mais Pra Menos Que Pra Mais de Vera Mantero & Convidados, 25 a 29 de Junho de 2014, Culturgest e Maria Matos Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

Salário Máximo de Vera Mantero, 13 de Setembro de 2014, Festival TODOS/Assembleia da República, Lisboa/Portugal

Quizoola! de Forced Entertainment com Jorge Andrade, Pedro Penim e Vera Mantero, Estreia: 8 de Novembro de 2014, Artista na Cidade - Real Magic/São Luiz Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

Nova, Caledónia de André Guedes e Miguel Loureiro, Estreia: 26 de Novembro de 2014, Culturgest, Lisboa/Portugal


2013

Wilde de mala voadora e Miguel Pereira, Estreia: 22 de Março de 2013, Culturgest, Lisboa/Portugal

This kiss to the whole world de Antonia Buresi e Elizabete Francisca, Estreia: 24 de Maio de 2013, Espace Diamant, Ajaccio/França

Oferecem-se Sombras, um projecto Centro de Investigação Cultura e Sustentabilidade / CICS, organizado por VERA MANTERO, Estreia: 7 de Setembro de 2013, Terreno da Adua, Montemor-O-Novo/Portugal

Mais Pra Menos Que Pra Mais de Vera Mantero e Convidados, Comemoração do 20º aniversário da Culturgest, 4, 5 e 6 de Outubro de 2013, Culturgest, Lisboa/Portugal

Compost de Miguel Pereira, Odile Darbeley e Michel Cerda, Estreia: 21 de Novembro de 2013, Théâtre des Bernardines, Marselha/França

TSUNAMISMO Recital para duas cordas em M de Elizabete Francisca, Estreia: 22 de Novembro às 21h30, Culturgest, Lisboa/Portugal

 

2012

Não entendo e tenho medo de entender, o mundo assusta-me com os seus planetas e baratas de Rita Natálio, São Luiz Teatro Municipal, Fevereiro 2012, Lisboa/Portugal

Vera Mantero: Ela também canta concerto de Vera Mantero e Nuno Vieira de Almeida, Estreia: 3 de Março de 2012, São Luiz Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

OP. 49 de Miguel Pereira, Estreia: 20 a 23 de Abril de 2012, Maria Matos Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

Sub-reptício (Corpo Clandestino) de Ana Borralho, João Galante, Joclécio Azevedo, Rita Natálio e Vera Mantero, Estreia: 26 a 29 de Abril de 2012, São Luiz Teatro Municipal, Lisboa/Portugal

Don't look up the hill, keep looking at the ground (Não olhes para cima, continua a olhar para o chão) de Miguel Pereira com o realizador Matt Taylor, Estreia: 10 a 21 de Setembro de 2012 no site do Dance 4, online.

Os Serrenhos do Caldeirão, exercícios em antropologia ficcional de Vera Mantero, Estreia: 28 de Setembro de 2012, Encontros do DeVIR/CaPA, Faro/Portugal

 

2011

O que podemos dizer do Pierre de Vera Mantero, Estreia: 29 e 30 de Janeiro de 2011, Festival Escena Contemporanea, Madrid/Espanha

O meu nome é Georgeanne de Miguel Pereira, Estreia: 26 de Outubro de 2011, Festival Materiais Diversos, Minde/Portugal

Não se vê que sou eu mas é um retrato de Rita Natálio, Estreia: 23 e 24 de Novembro de 2011, Culturgest, Lisboa/Portugal

 

2010

Antonio & Miguel de Antonio Tagliarini e Miguel Pereira, Estreia: 1 e 2 de Julho de 2010, Culturgest, Lisboa/Portugal

como rebolar alegremente sobre um vazio Exterior de André Guedes e Miguel Loureiro, Estreia: Alkantara Festival, Lisboa e Porto, Maio 2010

 

2009

Learning out to weave, projecto de pesquisa de Vera Mantero, Nits Salvatges - 4ª edição, CCCB Hall, La Porta, Barcelona/Espanha, Março 2009

Piece together, Vera Mantero e Rita Natálio desenham esboços dos ensaios da nova criação de Vera Mantero & Guests 2009, Gravity-sketches on art, Tanzquartier, Viena/Aústria, Março 2009

Vamos sentir falta de tudo aquilo de que não precisamos de Vera Mantero & Guests, PACT Zollverein, Essen/Alemanha, Junho 2009

Prémio Gulbenkian Arte 2009 atribuído a Vera Mantero, Fundação Calouste Gulbenkian, Julho 2009

Runner (2008) de Andreas Dyrdal, Palácio das Galveias, Lisboa, Performance inserida no evento de apresentação do documento 'Estratégias para a Cultura em Lisboa' da Câmara Municipal de Lisboa, Junho 2009

Residência artística de Vera Mantero no Teatro da Cerca de São Bernardo, A Escola da Noite, Coimbra, com apresentação de espectáculos, filmes, conferência, workshop e exposição A Dança do Existir- Retrospectiva em imagens do trabalho de Vera Mantero, Centro de Artes Visuais, Coimbra/Portugal, Setembro 2009

Evento do 40.º Aniversário do Teatro Maria Matos, concepção de Miguel Pereira com a colaboração de Henrique Neves, Teatro Maria Matos, Outubro 2009

Bons sentimentos, maus sentimentos de Vera Mantero e alunos do PEPCC-Forum Dança, Culturgest, Novembro 2009

 

2008

Doo de Miguel Pereira, Festival Alkantara, CCB, Junho 2008

20 anos a pensar primeiro e a dançar depois, comemorações dos 20 anos de carreira de Vera Mantero, com apresentação de espectáculos, filmes, conferência e exposição A Dança do Existir- Retrospectiva em imagens do trabalho de Vera Mantero, Centro Cultural de Vila Flor, Guimarães, Junho/Julho 2008

Corpos Decentes, filme de Vera Mantero sobre o início da Escola Superior de Dança e subsequente abertura da estrutura Forum Dança, “Festa da Dança”, Abril/Maio 2008

Blackout de João Samões, Maus Hábitos, Fevereiro 2008

Transitions II criação de Miguel Pereira para a Transitions Dance Company, Bonnie Bird Theatre, Londres, Fevereiro 2008.

Improvisation evening, com a participação de Miguel Pereira, Nottingham/UK, Nottdance, Lakeside Arts Centre, Outubro 2008

Knowing I Andreas, de Andreas Dyrdal, Dansens Hus em Oslo, Noruega, Abril 2008

Parades & Changes , Replays um projecto de Anne Collod sobre a obra de Anna Halprin com Vera Mantero, Alain Buffard, Anne Collod, Boaz Barkan, DD Dorvillier, Nuno Bizarro, recriação da peça Parades & Changes (1965) de Anna Halprin, Biennale de la Danse, Lyon, Setembro 2008

 

2007

Vamos colocar-nos ao centro de João Samões e Sergi Faustino, co-produção de La Mekanika/Festival Complicitats, no Can Felipa Teatre, Fevereiro 2007

Amanhã hoje de André Guedes, Culturgest/Lisboa, Prémio União Latina 2007, inauguração Abril 2007

Costumes de Miguel Pereira, co-produção Prague Quadriennal/Theatre Institute e Next Wave Festival, Junho 2007

Le Geste Risqué Explore Sûrement les Chants de la Forêt, de Vera Mantero para os alunos do CNDC Angers, cursus initial 2005/2007, Junho 2007

(NOT) A LOVE SONG de Alain Buffard com Vera Mantero, Claudia Triozzi, Miguel Gutierrez e Vincent Ségal, Montpellier Danse Festival, Junho 2007

O Labirinto a morte e o público de João Samões, co-produção CCB e Transforma AC, CCB, Julho 2007

3º andar de Bruce Willis de Miguel Pereira, na residência de Miguel Pereira, Setembro 2007

Inauguração de André Guedes, Sede da Ordem dos Arquitectos, Lisboa, inauguração Outubro 2007

Curso de Silêncio, 2 versões de um filme escrito e realizado por Vera Mantero e Miguel Gonçalves Mendes, co-produção Temps d’Image/Dupla Cena, Festival Circular, Jump Cut, CCB, Novembro 2007

11 de Setembro de 2007 de Miguel Pereira, co-produção Teatro das Figuras, Faro, Dezembro 2007

 

2006

Top 10 Bristol de Miguel Pereira, co-produção Arnolfini Gallery e The Cube Microplex (Bristol), estreia no The Cube Microplex, Fevereiro 2006

Double Bind Quartet de Vera Mantero, Vítor Rua, Carlos Zíngaro e Luís San Payo, Trem Azul, Jazzstore Festival, Lisboa, Maio 2006

Mergulho – Pensamento, Poesia e o Corpo em Acção evento de Vera Mantero and Guests, Teatro Municipal de S. Luiz, Festival Alkantara, Lisboa, Junho 2006

Karima meets Lisboa meets Miguel meets Cairo de Miguel Pereira e Karima Mansour, co-produção Festival Alkantara, ZDB, Jangada de Pedra (Lisboa), Festival Panorama (Rio de Janeiro), Festival Mapa (Girona), estreia ZDB, Junho 2006

Olimpo de André Guedes, integrado na colectiva Mad women in the attic/Porto

Isto de João Samões e Sergi Faustino, co-produção Festival Complicitats/La Mekanika (Barcelona) e Festival Circular (Vila do Conde), na Bibioteca José Régio, Festival Circular, Setembro 2006

Nightshade com Delphine Clairet, espectáculo co-criado com Claudia Triozzi, Alain Platel, Vera Mantero, Wim Vandekeybus, Johanne Saunier, “Pol Heyvaert and Dirk Pauwels”, Caterina Sagna, Victoria/Vooruit, Gent/Bélgica, Setembro 2006

Até que Deus é destruído pelo extremo exercício da beleza de Vera Mantero and Guests, co-produção Le Quartz/Brest/França, Centre Georges Pompidou/Paris/França, Kaaitheater/Bruxelas, Culturgest/Lisboa, Le Quartz, Novembro 2006

 

2005

Neiva de André Guedes, parque de estacionamento municipal de Vila do Conde, Festival Circular, Janeiro 2005

Top 10 Porto de Miguel Pereira, auditório da Fundação de Serralves, Fevereiro 2005

So Happy Together de Vera Mantero, Nuno Rebelo e Vítor Rua, CCB, Fevereiro 2005

Giepac/Grupo Informal de Encontro, Pesquisa e Análise Coreográfica, projecto de investigação de Vera Mantero, Fundação de Serralves, Centa, O Espaço do Tempo e ZDB, Abril, Maio, Junho, Julho e Novembro 2005

Is that all there is? Then let’s keep dancing…de Vera Mantero e Nuno Vieira de Almeida, Teatro D. Maria II, Lisboa, Maio 2005

Corpo de Baile de Miguel Pereira, Culturgest, Lisboa, TECA/Porto, Teatro Viriato/Viseu, Centro Cultural de Lagoa/Lagoa, Bonnie Bird Theatre/Londres, Culturgest, Lisboa, Junho 2005

Hey Dude... I have talent... I’m just waiting for God... solo de Robyn Orlin para Vera Mantero, Danse à Aix, Julho 2005

 

2004

Connexive #1 Vera Mantero, evento à volta do trabalho de Vera Mantero, com apresentações, palestras, laboratórios, concertos, Vooruit, Gent, Bélgica, Janeiro 2004

OFF SITE de Paulo Mendes, Miguel Pereira, AS*, Fernando Brízio, Miguel Flor, Miguel Flor e Sandra Vieira Jurgens, projecto apoiado no âmbito do programa Arte em Campo e apresentado na Fundição de Oeiras em co-produção com a Câmara Municipal de Oeiras, Junho 2004

Comer o Coração de Vera Mantero e Rui Chafes, peça que representou oficialmente Portugal na 26ª Bienal de São Paulo/Pavilhão Ciccilo Matarazzo em São Paulo/Brasil, Setembro 2004

Zonas de ruidosa influência de João Samões, Teatro-Cine de Torres Vedras, Festival A8, organizado pela Transforma AC, Outubro 2004

Outras árvores, outro interruptor, outro fumador e uma sala preparada de André Guedes, Fundação de Serralves, Porto, Outubro 2004

 

2003

Segunda Casa de Teresa Prima, co-produzido com a Galeria ZDB, Fevereiro 2003

MAPAS/Miguel Pereira, retrospectiva do trabalho de Miguel Pereira feita em colaboração com a Transforma AC e a ESTGAD nas Caldas da Rainha, Abril 2003

Top 10 de Miguel Pereira, Sala Polivalente do CAM, FCG, integrado no projecto Capitals Ilha 5, Julho 2003

Schreibstück, versão de Miguel Pereira do projecto de Thomas Lehmen, integrado no Capitals Ilha 6, CAM, FCG, Setembro 2003

Trilogia do Corte de Margarida Mestre, Maus Hábitos, Dezembro 2003

Vera Mantero Canta os Americanos com Nuno Vieira de Almeida, Teatro Municipal de S. Luís, Maio 2003

 

2002

Uma performance... por um triz de Margarida Mestre, Galeria Zé dos Bois, Abril 2002

Match Nulo de Rafael Alvarez, co-produzido com o Festival Danças na Cidade, CCB, Junho 2002

“Que suporta e separa…” de Vera Mantero, co-produzido com o Festival Danças na Cidade e Montpellier Danse, CCB, Lisboa, Junho 2002

24 de Junho de 2002, Teatro da Comuna de Miguel Pereira, co-produzido com o Festival Danças na Cidade, CAPa/DeVIR, Centro Coreográfico de Montemor-o-Novo, Forum Dança e Transforma AC, Junho 2002

A dançadora-adensante e o dizedor-indecente de Vera Mantero e António Poppe, espectáculo de poesia dita e movimento, intervenção na exposição Out of Print, Museu de Serralves, Outubro 2002

O Grito de Teresa Prima, Teatro Nacional D. Maria II, programa Percursos, organização Centro de Pedagogia e Animação, CCB, Outubro 2002

 

2001

Sentir Muito de Vera Mantero e António Poppe, espectáculo de poesia dita e movimento, no “Elogio da Loucura”, uma iniciativa da Porto 2001, na biblioteca do Hospital do Conde Ferreira, Porto, Maio 2001

2 dias de Rumo, evento organizado no Teatro Municipal Maria Matos, Lisboa, com apresentações de Maria Radich, Ângela Ribeiro, Sónia Baptista, Paula Varanda e Miguel Pereira, Maio 2001

A blues de Margarida Mestre, Maus Hábitos, Junho 2001

Far away friend, instalação-performance de André Guedes, Festival Brrr, Porto, Setembro 2001

Um Estar Aqui Cheio de Vera Mantero and Guests, co-produção com Le Quartz (Brest, França) e Balleteatro (Porto), em Brest, Novembro 2001

Estórias de um corpo de Teresa Prima, em co-produção com a Galeria ZDB, Novembro 2001

Bosque de Rafael Alvarez, Teatro Municipal Maria Matos, Dezembro 2001

Notas para um espectáculo invisível de Miguel Pereira, Teatro Nacional D. Maria II, Dezembro 2001

 

2000

Antonio Miguel de Miguel Pereira, programa “Mudanças 2000”, produção Acarte, Prémio Revelação Ribeiro da Fonte/MC/IPAE e menção honrosa do Prémio Madalena de Azeredo Perdigão/ACARTE, Março 2000

Contract with the skin de Paulo Henrique, co-produzido com o Forum Dança e o Festival Danças na Cidade 2000

18 minutos de João Samões, Festival X, Novembro 2000

Pan Versu de Mário Afonso, Festival X, Novembro 2000

Vera Mantero e Pedro Pinto interpretam Caetano Veloso, festival W.A.Y., Lux, Lisboa, Setembro 2000

Les Foins de Vera Mantero em colaboração com Luciana Fina, associação Devir, Loulé, Dezembro 2000

 

1999

Mês de Março, Mês de Vera (1999), retrospectiva de todos os trabalhos de Vera Mantero de 1987 a 1999, um convite da Culturgest, co-produzido em parceria com esta mesma instituição

Panorama - 1º Encontro Especulativo, um encontro de pensadores sobre imagens do corpo organizado por André Lepecki

Aqui Agora Neste Momento, projecto de improvisação de Vera Mantero, 24 e 25 Junho, Museu de Serralves e 23 e 24 de Julho, no Anfiteatro da Doca, Parque das Nações

Workshop de Shelley Hirsch, 14 a 17 de Julho, Espaço Ginjal, Almada

Concerto de Shelley Hirsch, 18 Julho, Galeria Zé dos Bois, Lisboa

Workshop de Shelley Hirsch, 6 a 8 de Setembro, Forum Dança, Lisboa

A Dança do Existir, exposição fotográfica sobre o trabalho da coreógrafa Vera Mantero, CCB, de 8 de Outubro de 1999 a 31 de Janeiro de 2000