Artistas > Artistas Apoiados > Pablo Fidalgo

Pablo Fidalgo

Pablo Fidalgo (Vigo 1984) é um escritor, encenador e curador independente.

Escreveu os livros de poemas La educación físicaMis padres: Romeo y Julieta e Esto temía, esto deseaba publicados pela Pre-Textos. Meus pais: Romeu e Julieta foi publicado em Português pela editora Averno. Ganhou o prémio Injuve de poesia por La retirada (2012) e a Menção Honrosa do prémio Adonais por Crónica de las aves de paso (2018).

Apresentou o seu trabalho em vários países e festivais em todo o mundo. Criou as peças teatrais O estado Salvaxe, Espanha 1939 (2013), Habrás de ir a la guerra que empieza hoy (2015), escolhida pelo diário Público como melhor espectáculo do ano, e Daniel Faria (2016). As duas primeiras fazem parte, junto com o livro Mis padres: Romeo y Julieta, de um projecto de investigação sob a memória da história através da biografia pessoal e familiar.

Participou no projecto PANOS (Culturgest, 2015) com a peça Só há uma vida e nela quero ter tempo para construir-me e destruir-me

Colabora como escritor teatral com Ana Borralho & João Galante com quem estreou a peça Allez mourir plus loin em hTh Montpellier. Os seus textos para a cena estão recolhidos nos volumes Autobiografía de mi generación (MARCO, Vigo, 2014) e Tres poemas dramáticos (Ediciones Liliputienses, 2015).

É director artístico do Festival Escenas do Cambio, na Cidade da Cultura, Santiago de Compostela. Vive e trabalha em Lisboa.